logo-transparentx2.png
so-palheta.png
separador-2.png

Ricardo Ávila

11 setembro / 17:30

Jardim da Anta

roberto de pau.NEF

"O Barbeiro Diabólico"

Dom Roberto vai fazer a barba porque vai casar. No entanto... acidentalmente mata o barbeiro, torna-se ele próprio o barbeiro, e o resto... só vendo.

"RIP Covid"

Dom Roberto vai casar mas o Corona Vírus mata Rita. Segue-se a vingança e o regresso inusitado de Rita à vida.
Esta história surge no período de confinamento geral como expressão alegórica da ansiada vitória sobre a pandemia.

Conceção, Marionetas e Cenário: Ricardo Ávila
Torneio: José Manuel Sousa
Figurinos: Teresa Ávila
Fotografia: Catarina Dantas

Duração: Aprox. 15 min | Classificação Etária: Maiores de 4 anos

r-avila-thumb.jpg
separador-2.png

bio

Ricardo Ávila encontrou no Carnaval da Terceira a primeira escola de teatro. Escreveu "Verde-céu", "Burguer Christ Superstar", "Robô do Future" e outras comédias.
Cursou Mestrado em Teatro na Universidade de Évora (2010-2012), com estágio final na Academy of Performing Arts, em Bratislava, onde estudou mímica clássica com o ator Juraj Benchic (2012).
Fez palco na rua como mimo-clown e integrou a Companhia Cães do Mar (2017).
Estreou "O Barbeiro Diabólico" no Festival Marionetas na Cidade (Alcobaça 2019), tornando-se o décimo quarto roberteiro da nova geração.

Painted Black Arrow
separador-1.png
btn-newsletter.png